CO(S)MICIDADES: dia 15/10/16, sábado, de 10 às 18:00 (Rua Barão de Guaratiba, 29, Glória)

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Grupo de Estudos: “Devir-intenso, devir –animal, devir-imperceptível” de Deleuze e Guattari

A teoria modifica a realidade que descreve

Philip K. Dick

“Não direi mais eu, não o direi mais nunca, é besta demais.”

Samuel Beckett

“se desertava para outra sina de existir”

Guimarães Rosa


http://api.ning.com/files/JH6yUjAH5-zq85PG2DuhCxurRBHlyGWShFN4h5uu1eSstioMGqfx-WXU*kAf*hUO33Y8pxfDbgLTqikrWZmKOlQm56pp6IxV/turner.jpg

Turner


Na obra-prima “Mil Platôs”, Deleuze e Guattari apresentam a sua grande contribuição para a história do pensamento: um novo conceito de devir. Participando de uma egrégora da filosofia que é composta pelos estóicos, Spinoza, Nietzsche, Bergson etc, eles elevam o devir a sua potência máxima, contra-Natureza. Os desdobramentos de tal empreendimento implicam em micro-revoluções na clínica (esquizoanálise), nas ciências e na arte. Com uma abordagem transdisciplinar (única possível para apreender tal conceito), neste módulo vamos mergulhar no inominável exercício de engendrar devires.


O Grupo de Estudos Cosmos e Consciência acontece às terças, das 19 às 21:00, em uma casa no Largo dos Leões. O Grupo é aberto para interessados em entrar em ressonâncias com os mais diversos devires. O atrator do grupo é Nelson Job (Psicólogo, doutorando em História da Ciência das Técnicas e Epistemologia/UFRJ e coordenador de grupos de estudo). O Grupo é pago de acordo com as possibilidades do participante. O primeiro encontro (aula aberta) é cortesia.


Início deste módulo: 05 de outubro de 2010.


. Download do texto "Devir-intenso, devir-animal, devir-imperceptível" de Deleuze e Guattari, platô n. 10 do "Mil Platôs vol. 04": AQUI!


. Texto sobre as potências clínicas do grupo de estudos: "A Egrégora Conceitual"


Outras informações: nelsonjob1@yahoo.com.br


http://www.cryptomundo.com/wp-content/uploads/b000069hzo01lzzzzzzz.jpg



Nenhum comentário: